Lançamento do livro “Baixada Fluminense em Preto e Branco”

A Secretaria Municipal de Cultura promoveu na última sexta-feira (07/08), o lançamento do livro “Baixada Fluminense em Preto e Branco”, do jornalista e fotógrafo, Paulo Santos, que por meio de narrativas e fotografias remonta a história da formação dos municípios que compõem a Baixada Fluminense mostrando o panorama histórico de cada cidade.

Sobre Guapimirim o livro expõe fotografias que remontam o patrimônio religioso e cultural material, entre eles, o museu Von Martius e a Casa Bernardelli, além de abordar, por meio dos textos a formação das identidades da população da Baixada Fluminense.

Durante o evento, foi possível observar nas placas expostas algumas fotos e parte das histórias retratadas no livro. O Secretário de Cultura, Professor Luiz Claudio, comentou sobre como o município de Guapimirim se insere no contexto histórico da Baixada Fluminense e ainda ressaltou a importância do lançamento de obras literárias na cidade a partir de parcerias com artistas e artesãos locais.

Também presente a Secretária de Educação, Cecília Pais, afirmou que “é muito importante de que tenhamos pelo menos um exemplar deste livro em cada escola, para que desta maneira nossos alunos e professores possam ter acesso a esta obra que mostra também a criação da identidade do nosso município”.

Por fim, o autor Paulo Santos contou sobre sua trajetória, a dimensão do trabalho desde a o lançamento da primeira edição lançada e sobre suas expectativas para o trabalho que pela primeira vez foi lançado em Guapimirim.

Após o lançamento do livro vou dado início a noite de autógrafos, que contou com a apresentação de um tributo a Cartola, por Reizilan Cartola Neto, que cantou grandes sucessos de seu avô.

Samu promove capacitação para maqueiro

Um grupo de profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Guapimirim participou de uma capacitação para maqueiro. As aulas, ministradas pelos socorristas Claudemir de Jesus e Soley Tavares, ocorreram na sede da unidade, no Bananal, nessa segunda-feira (7/8) e contaram com a adesão de ao menos cinco maqueiros da cidade vizinha de Cachoeiras de Macacu.

Para o coordenador do Samu, Alexandro Lisboa, a participação de profissionais de outro município reforça a qualidade e o bom conceito que Guapimirim está alcançando na saúde, graças aos investimentos feitos pela atual gestão desde o início do ano, o que inclui uma base descentralizada. Antigamente, o Samu funcionava numa pequena sala do Hospital Municipal José Rabello de Mello, ao lado do necrotério.

Em abril passado, o presidente da Câmara Municipal, vereador Halter Pitter, havia contatado o vice-prefeito e secretário de Governo, Pastor Ricardo, em que fez uma indicação para um curso para maqueiros do hospital.

Muita animação na 5ª edição do Baile da Melhor Idade

Aconteceu na noite da última sexta-feira (04/08), o Baile da Melhor Idade. A 5ª edição do evento contou com a apresentação do cantor Gerson Bruno, que animou cerca de 450 pessoas que estiveram presentes.

No decorrer do evento, o Secretário de Esportes e Lazer, Nielsen Krizek, agradeceu a presença de todos e anunciou que neste mês a secretaria irá realizar um passeio para o Parque Nacional da Serra dos Órgãos com as unidades de ginástica da terceira idade. E ainda falou sobre o projeto “Hagstag Pedala Guapi”, que acontecerá em setembro.

Mais uma vez o evento aconteceu em parceria com a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, arrecadando cerca de 180 quilos de alimentos não perecíveis para o Guapi Solidário, todo material arrecadado será encaminhados pela Secretaria a famílias carentes e entidades beneficentes.

O baile também conta com o apoio da iniciativa privada, como a Drogaria Única que doou os brindes distribuídos para os idosos durante a festa. A próxima edição do baile acontece na primeira sexta-feira do próximo mês, no dia 1º de setembro.

Veja as fotos no link: goo.gl/YjyPbY

Prefeitura capacita profissionais de saúde para o futuro Centro de Imagem

Ao menos 10 profissionais da rede municipal de saúde participaram de um curso de capacitação voltado para a recepção de qualidade e o atendimento humanizado no Conselho Municipal de Saúde, na manhã desta segunda-feira (7/8). O objetivo do encontro foi preparar recepcionistas, técnicos de enfermagem e de radiodiagnóstico para oferecerem um bom atendimento aos pacientes no futuro Centro de Imagem, no Centro de Guapimirim.

Foram abordados os seguintes temas: apresentação e serviços que serão oferecidos na unidade; acolhimento com humanização; segurança do paciente; faturamento e a importância do Cartão do Serviço Único de Saúde (SUS).

“Nossa intenção é oferecer um atendimento diferencial à população do município e de modo humanizado, levando o usuário a ter atendimento de qualidade e que tenha seu objetivo alcançado”, explicou a coordenadora de Educação em Saúde, Amanda Neto.

O Centro de Imagem oferecerá tomografia, colonoscopia, endoscopia digestiva, mamografia digital, raios-X digital, ultrassonografia, ecocardiograma, eletrocardiograma, entre outros exames.

“O Centro de Imagem é um importante projeto da Prefeitura que mudará a história desta cidade. Teremos aumento na oferta dos exames à população unindo bom atendimento à tecnologia de ponta”, destacou a assessora técnica da Secretaria de Saúde, Diany Riqueta.

Outros cursos

Por falar em capacitação profissional, a Prefeitura de Guapimirim tem investido pesado em cursos desse tipo na administração pública, sendo uma delas na semana passada, também com foco no atendimento na recepção do Hospital Municipal José Rabello de Mello.

Prefeitura no Seu Bairro – Caneca Fina

Prefeitura no seu Bairro leva cidadania e ouve as demandas dos moradores da Caneca Fina

A segunda edição do programa Prefeitura no seu Bairro aconteceu na manhã deste sábado (5/8) no bairro Caneca Fina. O prefeito Zelito Tringuelê e o vice-prefeito e secretário da Casa Civil, Pastor Ricardo, ouviram demandas dos moradores nas mais diversas áreas como segurança pública, saneamento básico, iluminação pública e pavimentação, saúde, além de questões inerentes ao IPTU 2017. O evento foi marcado por ações de cidadania como a verificação da glicose, a aferição da pressão arterial e o Grupo de Trabalho da Secretaria Municipal de Fazenda atendendo os moradores sobre a cobrança do imposto citado.

“O Prefeitura no seu Bairro será uma das minhas marcas de gestão. Como eu prometi durante a campanha, meu governo não seria de gabinete, e sim indo às ruas ouvir o que o povo tem a dizer. Ao longo do meu mandato vou percorrer por todo o município”, expressou o líder municipal.

“Gostaria de dizer que a população pode ficar tranquila que a gente vai visitar o seu bairro. Leio alguns comentários na página da Prefeitura de pessoas cobrando a nossa visita. Estamos atentos a isso e faremos a nossa parte. Só peço mais um pouco de paciência, porque tudo isso requer uma logística para que possamos atender com dignidade as pessoas”, comentou o vice-prefeito Pastor Ricardo.

Estiveram presentes os secretários de Administração, José Carlos Faria; de Cultura, professor Luís Cláudio; de Educação, Cecília Pais; de Esportes e Lazer, Nielsen Krizek; de Obras e Serviços Públicos, João Maurício; de Segurança, Ordem Pública e Defesa Civil, Leonardo Rodrigues; e de Turismo, Humberto Costa; e os subsecretários de Agricultura, Pecuária e Pesca, Urias Fernandes; de Controladoria, Vinícius Correia; de Indústria, Comércio, Trabalho e Renda, Leo Guimarães; de Saúde, Alba Iaci; e de Turismo, Maurício Almeida; de Urbanismo e Regularização Fundiária, Jackson Saluzi.

Reunião para orientações sobre a legalização de eventos em Guapimirim

Aconteceu na noite da última quinta-feira (3/8) a reunião com organizadores de eventos e proprietários de casas de show de Guapimirim. O encontro foi na Secretaria Municipal de Segurança, Ordem Pública e Defesa Civil, no Bananal.

Os presentes receberam uma cartilha com orientações sobre como legalizar eventos na cidade, contendo o Código de Posturas do município, legislações pertinentes nas esferas municipal, estadual e federal, além de informações sobre prazo legal para comunicar à Prefeitura e a outros órgãos competentes.

Na ocasião, o secretário Municipal de Segurança, Ordem Pública e Defesa Civil, Leonardo Rodrigues, buscou conscientizar os donos de casas de shows e promotores de eventos sobre a importância de legalizar um evento, inclusive com consultas à Polícia Militar e ao Corpo de Bombeiros, no intuito de garantir a segurança do público.

No final, os organizadores aplaudiram a iniciativa da administração municipal de convidá-los para esse tipo de reunião, e disseram que foi a primeira vez na história de Guapimirim que eles recebem esse tipo de atenção. O secretário também comunicou estar à disposição para eventuais dúvidas e esclarecimentos.

Agricultores poderão devolver embalagens de agrotóxicos entre os dias 22 e 24 de agosto

Agricultores de Guapimirim poderão devolver as embalagens vazias de agrotóxicos entre os dias 22 e 24 de agosto próximos. A coleta itinerante é uma parceria entre a Prefeitura de Guapimirim, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Pesca, e a Associação de Revendedores de Agrotóxicos da Região Serrana Fluminense (Arasef), e ocorrerá nos bairros da Cotia, Vale das Pedrinhas, Paraíso, Orindi e Parada Ideal. A ação é apoiada também pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (InpEV) e pela Empresa de Assistência Técnica de Extensão Rural do Rio de Janeiro (Emater-Rio).

Para o secretário Municipal de Agricultura, Pecuária e Pesca, Daniel Eugênio, a devolução dos vasilhames é de suma importância por tratar-se de uma responsabilidade socioambiental. A destinação correta das embalagens ajuda a evitar maiores danos ambientais. Antes da Lei federal nº 9.974/2000, as embalagens eram incineradas, enterradas ou jogadas em rios.

Veja o cronograma da coleta itinerante:

22/8 – das 9h às 16h – Rua Marta Alcântara Fares, bairro Cotia. Em frente à imobiliária.

22/8 – das 9h às 16h – na Associação AdoVale

23/8 – das 9h às 12h – Em frente à Escola Municipal Celina Correa da Silva, bairro Paraíso

23/8 – das 13h às 16h – Em frente à Escola Municipal Claudineia Pereira da Costa Cardoso, bairro Orindi

24/8 – das 9h às 16h – Praça de Parada Ideal

Roda de Conversa – Luta pelos direitos da Mulher Negra

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, por meio da Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial, realizou na última quarta-feira (26/07) uma roda de conversas para debater sobre o tema “Avanços e Retrocessos da Lei 12.987/2014”.

O evento contou com cerca de 60 pessoas e teve como objetivo conscientizar sobre a luta e a resistência contra a opressão. “A população de Guapimirim não tem conhecimento desta lei tão importante, e este foi um dos motivos pelo qual logo no início deste governo nós criamos esta coordenadoria, para mudarmos esta realidade”, afirmou a Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Paula Machado.

A lei 12.987/2014 instituiu oficialmente o dia 25 de julho como Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra em homenagem à líder do Quilombo do Quariterê, que reafirma a identidade, a história, a cultura e as reflexões sobre a realidade da mulher negra brasileira, latino-americana e caribenha.

“A lei não é um feriado ou uma festa, é um momento para que o estado entenda que é necessário implantar políticas para as mulheres negras, apenas desta forma haverá inclusão”, afirmou Clatia Vieira, bacharel em Direito e militante ativista do Fórum Estadual de Mulheres Negras.

Ao final do evento os presentes foram convidados para participarem da 3ª Marcha das Mulheres Negras no Centro do Mundo, que acontecerá no dia 30 de julho, em Copacabana. A mesa também contou com a participação da Coordenadora Municipal de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial, Fátima Santos e com a Diretora dos Direitos Humanos, Adelia Mattos

Jogos da Baixada: Guapimirim obtém a melhor colocação dos últimos 10 anos

Guapimirim encerrou a 20ª edição dos Jogos da Baixada como 7º colocado entre as 14 cidades participantes. Essa já é considerada a melhor posição em comparação com as últimas 10 edições.

No ano passado, o município ficou em 13º lugar, na penúltima colocação. O mesmo se repetiu nos anos de 2011, 2013 e 2014. Em 2008 e 2012, Guapimirim não competiu. Em 2010 e 2015, o município ficou na 10ª posição, e em 2009, em 12º lugar.

A edição de 2017 já pode ser considerada a melhor em todos os sentidos. Guapimirim participou de todas as modalidades esportivas e levou a maior delegação de atletas de sua história e a maior em comparação com as cidades participantes deste ano. E também foi a primeira vez que um prefeito do município compareceu à cerimônia de abertura. Além disso, conseguiu a primeira medalha – de bronze – em natação na categoria Sub 14 Masculino, por meio do atleta Thalis Braga, de 12 anos.

“Como não ir a um evento do porte dos Jogos da Baixada? Como não prestigiar nossos atletas e nossos jovens? Estar presente na cerimônia reforça o meu compromisso com a juventude e com um futuro melhor para eles”, expressou o prefeito de Guapimirim, Zelito Tringuelê.

Para o secretário Municipal de Esportes e Lazer, Nielsen Krizek, a delegação deste ano se saiu vitoriosa em todos os sentidos, os quais foram mencionados acima. Ele está bem animado para a edição de 2018 e desde já, junto com sua equipe de coordenadores e instrutores, prepara os jovens. Esportes como natação e handebol têm sido fortalecidos.

Os Jogos da Baixada são promovidos pelo jornal O Dia e reúne estudantes das rede municipal e privada dos 13 municípios da Baixada Fluminense mais um participante. Este ano o convidado foi Mangaratiba.

Prefeitura assina acordo para a distribuição de antena digital

Guapimirim terá distribuição gratuita de kit conversor para TV digital, composto por um conversor, um controle remoto e uma antena. Terão direito os moradores do município cadastrados em programas sociais do governo federal (ex.: Bolsa Família; Pronatec; Tarifa Social de Energia Elétrica; Minha Casa, Minha Vida; entre outros serviços assistenciais). A distribuição dos equipamentos é de responsabilidade da Seja Digital e se deve ao desligamento do sinal analógico de TV programado para o próximo dia 25 de outubro por determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Na última segunda-feira (24/7), o prefeito Zelito Tringuelê firmou parceria com a Seja Digital – entidade sem fins lucrativos responsável pelo processo de digitalização do sinal televisivo no país – para divulgar sobre o fim do sinal analógico na cidade. Também participaram da reunião as secretarias municipais de Assistência Social e Direitos Humanos, Paula Machado, e de Educação, Cecília Pais, e a gerente regional da Seja Digital no Rio de Janeiro, Vivian Bilhim.

“Guapimirim vai aderir, sim, a essa iniciativa de modernização da TV brasileira. A distribuição gratuita do kit para TV digital é uma importante ação de inclusão social e está sendo complementada com outra ação de cidadania, que é um curso de instalação de antenas voltado para os jovens. É uma maneira de tirá-los das ruas e dos perigos da violência”, comentou o prefeito de Guapimirim, Zelito Tringuelê.

“O nosso trabalho tem como objetivo fazer com que a informação sobre o processo de desligamento do sinal analógico de TV chegue a toda a população, para que todos possam se preparar para receber o sinal digital e viver essa nova experiência com qualidade de som e imagem semelhante à de cinema, gratuitamente. Não queremos deixar ninguém para trás”, disse a gerente da Seja Digital, Vivian Bilhim.

A população poderá obter informações sobre o fim do sinal analógico nas unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Os beneficiários de programas sociais serão orientados sobre o local em que deverão retirar o kit.

A parceria entre a Seja Digital e a administração municipal inclui ações itinerantes em escolas e uma capacitação gratuita aos jovens, para que aprendam a instalar o conversor e a antena. Além de ajudá-los a ter uma renda extra, o aprendizado consiste numa ação de cidadania.

O processo de encerramento do sinal analógico está acontecendo gradativamente em todo o Brasil. Já ocorreu recentemente em São Paulo, em Brasília, e será feito no Rio de Janeiro e em cidades do entorno. Somente em Guapimirim, a estimativa é de que sejam distribuídos 8,2 mil kits para o público-alvo em questão.

Quem já possui televisor digital não precisará se preocupar com a mudança de tecnologia. Já os assinantes de TV por assinatura que assistem certas programações por sinal analógico deverão consultar a operadora se terão acesso aos mesmos canais pelo sinal HD (sigla para alta definição) após o desligamento.

Depois do dia 25 de outubro, caso algum assinante de TV paga queira continuar assistindo algum canal aberto em sinal digital não incluído na sua operadora, basta sintonizar a antena externa.

Para mais informações, consulte uma unidade do CRAS, acesse o site www.sejadigital.com.br ou ligue grátis para o número 147.