Campanha de Combate à Febre Amarela

A Prefeitura de Guapimirim, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, reforça a importância da vacinação contra a febre amarela para todos os munícipes. No ano passado, os esforços empreendidos na campanha de vacinação, imunizaram mais de 40 mil pessoas.

Em 2018 já foram registrados quatro casos de febre amarela no estado do Rio de Janeiro. A primeira morte do ano foi registrada em Teresópolis, onde também há uma pessoa internada, além de outras duas mortes registradas em Valença, no Sul Fluminense, e mais uma pessoa internada no mesmo município.

É importante reforçar que a febre amarela é transmitida através da picada de mosquitos, e NÃO por macacos. Ao encontrar macacos mortos ou debilitados, o cidadão deve informar o mais rápido possível à Vigilância Ambiental no telefone 2632-3519.

A vacinação é recomendada para crianças a partir dos nove meses de idade. Mulheres que estejam amamentando, pacientes em tratamento com radioterapia/quimioterapia, corticoides ou submetidos a tratamentos imunossupressores, portadores de doenças autoimunes, hepáticas, hematológicas, renais e neoplásicas, pessoas com alergia a ovo, portadores do vírus HIV/AIDS e idosos com mais de 59 anos deverão consultar um médico para avaliar a possibilidade de vacinação.

*Lembrando que caso você já tenha se vacinado, a mesma não deve ser aplicada novamente, pois a reaplicação pode ser prejudicial à saúde.

Sinais e sintomas

*Os sinais e sintomas mais comuns da doença são: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos que duram, em média, três dias. Nas formas mais graves da doença, podem ocorrer olhos e pele amarelados, problemas no fígado e nos rins, hemorragia e cansaço intenso.

DICAS: Use repelentes, instale mosquiteiros e evite áreas de mata.

Para mais informações sobre a doença acesse www.febreamarelarj.com.br.

A vacina está disponível de segunda a sexta-feira, das 08h às 12h. Confira os postos de vacinação:

UNIDADE DE SAÚDE DE PARADA MODELO
QUINTA MARIANA
PQ SANTA EUGÊNIA
PARADA IDEAL
STATUS
VILA OLÍMPIA
VALE DAS PEDRINHAS
RUA 11
CENTRO PEDIÁTRICO E NUTRICIONAL – SMS
ORINDI
VALE DAS PEDRINHAS

Aula inaugural do Curso de Estimulação da Memória para Idosos é um sucesso

Na manhã da última terça-feira, 16, a Secretaria Municipal de Saúde, através do Programa de Saúde do Idoso, deu início ao Curso de Estimulação da Memória para Idosos cujo objetivo é promover uma melhor qualidade de vida para a melhor idade de Guapimirim. As aulas acontecerão no Centro Cultural toda terça e quinta-feira.

Cerca de 45 idosos acima de 50 anos participaram da aula inaugural, entre elas dona Emília Correia Medeiros, de 69 anos, que destacou a importância de participar deste curso. “Eu achava que estava com aquela doença do esquecimento, porque ultimamente tenho esquecido muitas coisas. Nessa primeira aula já pude perceber que este curso vai melhorar minha memória. Esta foi a melhor coisa que a Prefeitura fez de curso para as pessoas idosas”, disse dona Emília.

O curso será ministrado pelo doutor Luiz Ferreira, pedagogo, neuropsicólogo e mestre em ciências biomédicas, que destacou a participação dos idosos nessa primeira aula.  “Nossa primeira aula foi muito satisfatória. O público é muito receptivo a esse tipo de assunto. Uma vez que quando a memória começa a falhar, logo pensamos em demência. Então, quando oferecemos ao idoso um curso para trabalhar a memória, eles comparecem com toda a satisfação. Através de uma boa memória há a possibilidade de que o dia a dia melhore também”, ressaltou o doutor Luiz, destacando a estimulação contínua da memória. “Exercitar a memória é como exercitar o corpo. Quando se exercita o corpo, todo o sistema melhora. No caso da memória, a resposta imediata é através dos relacionamentos”.

Para Susiane Araújo, coordenadora do Centro de Atendimento à Saúde do Idoso, a primeira aula superou todas as expectativas. “Esta aula inaugural foi maravilhosa. É nítido o interesse dos alunos. Eles estavam com muitas expectativas e curiosos sobre como seria o curso. A aula foi bem dinâmica, alegre e extrovertida. Todos aprenderam as técnicas de memorização brincando. Creio que é um desafio para a gente, enquanto profissionais, e para cada um que encara como um desafio investir na sua saúde mental, melhorando a qualidade de vida, através da preservação da memória”, finalizou.

Prefeitura inicia Operação Verão 2018

A Prefeitura de Guapimirim deu início à Operação Verão 2018 no último fim de semana em pontos turísticos do município, como a Barreira, a cachoeira da Concórdia, o Centro, Garrafão e Caneca Fina. Participaram as secretarias municipais do Ambiente, Turismo e Segurança, Ordem Pública e Defesa Civil, sendo esta por meio da Guarda Civil Municipal e da Guarda Ambiental.

Entre os problemas encontrados vale destacar o lixo espalhado, garrafas de vidro, vestígio de fogueira e de churrasqueira, entre outros.

A Secretaria do Ambiente apoiou a ação com o fornecimento de viaturas, na parte jurídica, treinamento dos agentes das guardas Civil e Ambiental e a elaboração da operação.

Já a Secretaria de Turismo e as guardas Civil e Ambiental orientaram turistas e visitantes sobre o Código de Posturas municipal e buscaram conscientizá-los sobre a necessidade de preservar o meio ambiente.

Inscrições abertas para as oficinas arte-educativas

A Prefeitura de Guapimirim, por meio da Secretaria de Cultura, informa que estão abertas as inscrições para as oficinas arte-educativas, no Centro Cultural. Para se inscrever, basta dirigir-se à Rua Itacoatiara, 99, no Centro, entre segunda e sexta-feira, das 9h às 17h.

Os cursos são gratuitos e após sua conclusão os alunos recebem um certificado. As aulas terão início na primeira semana de fevereiro e a participação é livre, a partir dos seis anos de idade.

Defesa Civil orienta a população a respeito das chuvas

A Defesa Civil de Guapimirim orienta a população a tomar as seguintes precauções, por conta das fortes chuvas dos últimos dias:

• Em casos de ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, evite ficar próximo a árvores ou em áreas descampadas.

• Verifique se há sinais de rachaduras em sua residência. Ao perceber trincas ou abalo na estrutura, acione a Defesa Civil Municipal pelo número 199, e evite ficar em casa.

• Mantenha as portas e janelas sempre bem fechadas ou trancadas, evitando a entrada de animais peçonhentos.

• Evite colocar o lixo nos pontos de coleta. A água da chuva pode levar o lixo a entupir bueiros e galerias.

• Não deixe crianças brincando em áreas alagadas. Elas podem se contaminar, contraindo doenças graves, como hepatite e leptospirose.

• Fique atento às informações divulgadas pelo site e redes sociais da Prefeitura de Guapimirim.

• Em caso de emergência, acione a Defesa Civil Municipal pelo telefone 199, ou o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193.

Farmácias 24h de Janeiro

CITY FARMA
De 31 de dezembro a 06 de janeiro
Av. Dedo de Deus n° 230, Centro – Guapimirim – RJ
Tel: (21) 2632-5111

FARMÁCIA LÍDER DE GUAPIMIRIM
De 07 a 13 de janeiro
Avenida Dedo de Deus, n° 49 – Centro – Guapimirim – RJ
Tel: (21) 2632-1246

DROGARIA TÓKIO
De 14 a 20 de janeiro
Praça da Emancipação, nº 07 – Centro – Guapimirim – RJ
Tel: (21) 2632-2309

FARMÁCIA DO ARGEU
De 21 a 27 de janeiro
Rua José Carlos do Prado, s/nº – Parada Modelo – Guapimirim – RJ
Tel: (21) 2632-1221

CITY FARMA
De 28 de janeiro a 03 de fevereiro
Av. Dedo de Deus, n° 230 – Centro – Guapimirim – RJ
Tel: (21) 2632-5111

Chuvas deixam Guapimirim em estágio de atenção

A Defesa Civil de Guapimirim informa:

O município de Guapimirim está em estágio de atenção devido ao volume significativo de chuva acumulado nas últimas 24 horas e a possibilidade de ocorrência de fortes chuvas, acompanhadas de vendaval e descargas elétricas nas próximas horas.

O volume pluviométrico esperado é 50mm.

A Defesa Civil faz as seguintes recomendações à população:

• Verifique se há sinais de rachaduras em sua residência. Ao perceber trincas ou abalo na estrutura, acione a Defesa Civil pelo número 199 e evite ficar em casa.

• Em casos de ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, evite ficar próximo a árvores ou em áreas descampadas.

• Evite colocar o lixo nos pontos de coleta. A água da chuva pode levar o lixo a entupir bueiros e galerias.

• Fique atento às informações divulgadas pelo site e redes sociais da Prefeitura de Guapimirim.

• PARA OS BANHISTAS: ao primeiro sinal de mudança repentina do aspecto da água e aumento súbito no nível do rio, retire-se imediatamente. E quando houver alerta para enxurrada, respeite a solicitação de saída feita pelo agente que estiver realizando a evacuação.

Em caso de emergência, acione a Defesa Civil Municipal pelo telefone 199 ou o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193.

Praça Paulo Terra é palco do Réveillon de Guapi

Evento teve música ao vivo e uma linda queima de fogos que marcou a virada de ano

Com o objetivo de marcar o início do Ano Novo, no último domingo, madrugada de 2017 para 2018, a Prefeitura de Guapimirim promoveu um show de virada de ano na Praça Paulo Terra. O evento foi conduzido pelo locutor Julio Rodrigues e reuniu bandas locais, além de uma linda queima de fogos que alegrou centenas de pessoas que compareceram ao show da virada.

Para o Prefeito Zelito Tringuelê, o Réveillon de Guapi fechou com chave de ouro o primeiro ano de governo. “É prazeroso saber que nós fizemos em um ano de governo coisas que governos anteriores não fizeram em vários anos. Eu me sinto com o dever cumprido, sabendo que temos muito mais para realizar nos próximos anos para a melhoria da nossa cidade”, disse aproveitando o momento para agradecer a população. “Muito obrigado a todos que acreditaram no nosso projeto”, finalizou.

O Réveillon de Guapi teve início com o a dupla Rômulo e Ricardo que cantaram e encantaram o público com grandes sucessos do sertanejo. Após o show, foi o momento da contagem regressiva para a virada de ano com a locução de Julio Rodrigues. Um painel de led projetou o relógio para a população e uma linda queima de fogos marcou o começo de 2018.

Após a queima de fogos, a população pode se divertir e dançar bastante ao som dos grupos Intimistas e Clube do Churrasco, que levantou o publico presente com canções consagradas de samba e pagode.

Uma festa para toda a família

O destaque do Reveillon de Guapi foi a presença de famílias na Praça Paulo Terra. O local se tornou ponto de encontro de amigos e playground para as crianças. A empresária Jane Calvet foi à Praça Paulo Terra com toda a família e elogiou a organização do evento. “Gostei muito de tudo. Achei tudo muito bacana, bonito e bem organizado”, destacou. A filha de Jane, Larissa Calvet, de 12 anos, ressaltou a tranqüilidade do local. “Eu estou achando muito legal. Aqui não tem violência e isso é muito bom”.

Dona Maria Amélia, orientadora pedagógica, aproveitou a festa para dançar bastante e também destacou a segurança e a tranqüilidade do evento. “Como todas as festas que acontecem aqui em Guapimirim, o que me encanta é a organização e a tranqüilidade. Aqui nos sentimos seguros para curtir bastante”.

O estudante Luis Felipe aproveitou a festa para passar a virada de ano ao lado dos amigos. “Um evento como este sempre reúne todo mundo”, disse o estudante. Já Priscila Santos achou ótima a iniciativa de uma festa de réveillon na cidade. “Assim podemos passar o réveillon na nossa cidade, curtindo todo mundo junto”, concluiu.

Para a estudante Mariana Estrela, o Réveillon em Guapi proporcionou a oportunidade de a população vivenciar uma festa de virada de ano de perto. “Em anos que eu venho a Guapimirim nunca vi nada assim. A festa é ótima para a população ver o que é uma festa de réveillon. Ainda que muitos tenham a oportunidade passar a virada no Rio, muitos não podem ir e assim têm uma oportunidade para curtir uma festa”, finalizou.

 

Agentes da Guarda Municipal e da Defesa Civil receberão adicional de periculosidade

Os servidores da Guarda Municipal, da Guarda Ambiental e da Defesa Civil receberão um adicional de periculosidade, de 30% do salário, a partir de janeiro de 2018. Mais do que uma conquista, trata-se de um direito das categorias que finalmente está sendo colocado em prática. A medida foi anunciada na manhã desta quinta-feira (28/12) em evento que reuniu cerca de 100 profissionais, além do secretário Municipal de Segurança, Ordem Pública e Defesa Civil, Leonardo Rodrigues, e do prefeito Zelito Tringuelê.

“Estamos fechando um ano de governo, um ano de muitas conquistas. Pegamos um município para administrar, e estou muito contente da forma que fechamos 2017. Pedi ao meu gabinete para fazer um levantamento, e descobrimos que dos mais de cinco mil municípios brasileiros, Guapimirim está entre os 10 que pagaram a folha de ponto dentro do mês. Reconheço que vocês merecem ganhar mais. Mas, só o fato de estarmos conseguindo pagar dentro do mês [diante de um país em crise], já é gratificante”, expressou o prefeito Zelito Tringuelê.

“Esse adicional de periculosidade é uma das várias conquistas que tivemos em 2017 na nossa secretaria. A Guarda Municipal realizou 10 prisões, a minha equipe mais 17, o número de roubos em relação a 2016 teve uma redução de 20%, e numa operação conjunta entre as secretarias municipais de Segurança e a do Ambiente e do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), fizemos a soltura de mil caranguejos e aves na APA Guapi-Mirim”, comentou o secretário Municipal de Segurança, Ordem Pública e Defesa Civil, Leonardo Rodrigues.

A Prefeitura de Guapimirim trabalha para implementar outros projetos, tais como: o Grupamento Maria da Penha, para atender mulheres vítimas de violência; as salas de Operações e de Monitoramento Meteorológico; o Departamento de Trânsito; a ronda escolar etc.

Prefeitura e Corpo de Bombeiros se preparam para as chuvas de verão

Exercício simulado foi feito na Barreira para otimizar o resgate de vítimas de afogamento

A Prefeitura de Guapimirim já se prepara para as fortes chuvas de verão. Para isso, realizou – por meio da Defesa Civil, da Guarda Ambiental e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) – uma simulação de risco de acidentes junto ao Segundo Grupamento de Socorro Florestal e Meio Ambiente de Magé (Corpo de Bombeiros). A ação aconteceu na cachoeira do rio Soberbo, na Barreira, na última sexta-feira (22/12).

Os agentes da Guarda Ambiental Igor da Penha e Wanderson Araújo simularam terem se afogado, e foram resgatados por agentes do Samu e do Corpo de Bombeiros. Na ação, os socorristas monitoraram o tempo entre uma chamada de emergência e o resgate, além da prestação do socorro em si. O objetivo é potencializar a ação dos profissionais para que consigam agir no menor tempo possível, tendo em vista as tragédias ocorridas entre 2008 e 2010 que resultaram em mortes.

“Promovemos um treinamento entre a Defesa Civil Municipal, o Samu e o Corpo de Bombeiros no poço dos Padres, na Barreira, para aperfeiçoarmos nosso trabalho em caso de resgate de pessoas, por conta de enxurradas no rio Soberbo. Lembramos que a Defesa Civil faz um trabalho de prevenção, com palestras educativas e mostrando os riscos pertinentes do rio Soberbo e a evacuação de frequentadores da cachoeira em caso de necessidade”, explicou o subcoordenador da Defesa Civil, Vanderson Marmo.

“A realização deste exercício simulado em conjunto entre a Defesa Civil, o Samu e o Corpo de Bombeiros foi incentivada pela criação do Plano de Contingência para enxurradas no rio Soberbo. O plano contém ações preventivas que devem ser adotadas para a realização da evacuação dos poços frequentados por banhistas ao longo do rio, quando houver alerta para ocorrência de enchentes”, complementou o supervisor de Contingência da Defesa Civil, Matheus Lopes.

“O simulado foi de grande proveito devido à grande quantidade de detalhes e à dificuldade da área. O acesso foi um complicador e as pedras estavam escorregadias, o que dificultou a remoção da vítima até a ambulância. Após o exercício, vamos discutir os erros e acertos. Tudo isso é para preparar os profissionais e elevar a qualidade do atendimento a futuras ocorrências dessa natureza”, sustentou o coordenador do Samu, Alexandro Lisboa.

“Com o início do verão, um número significativo de pessoas visita as cachoeiras de Guapimirim. Muitos desses turistas desconhecem ou desprezam a magnitude do evento conhecido como ‘Cabeça D’água, que consiste no aumento repentino do volume e da velocidade da água, decorrentes de chuvas fortes que ocorrem nas cabeceiras dos rios. E para evitar desastres como o que aconteceu em 9 de fevereiro de 2008, na cachoeira do rio Soberbo, em que sete pessoas morreram, são necessárias medidas preventivas, como: avisos e orientações aos visitantes e o acionamento de sirenes para evacuação do rio e suas margens. Essa operação simulada serviu para preparar as equipes para um eventual resgate, buscando otimizar nossa capacidade de resposta e promover a interação entre as equipes”, contou o subcomandante do Segundo Grupamento de Socorro Florestal e Meio Ambiente de Magé, major Odilon.