Como se prevenir contra a febre amarela!

O que é a febre amarela?
A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, transmitida por mosquitos em áreas urbanas e silvestres. Sua manifestação é a mesma em ambos os casos, pois o vírus e a evolução clínica são os mesmos, a diferença está apenas nos transmissores.

Os macacos apresentam algum risco?
Não. A febre amarela é transmitida apenas através da picada de mosquitos, e NÃO por macacos.
Praticar abusos, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres é crime ambiental com pena de três meses a um ano mais multa, com base na Lei Estadual 3467 e no Decreto municipal 748/2007.

O que devo fazer caso encontre macacos mortos ou debilitados?
Ao encontrar macacos mortos ou debilitados, o cidadão deve informar o mais rápido possível à Vigilância Ambiental no telefone (21) 2632-3519.

Qual a diferença entre a febre amarela silvestre e urbana?
No ciclo urbano, a transmissão se dá através do mosquito Aedes Aegypti. Já no ciclo silvestre, em áreas florestais, os vetores da febre amarela são os mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes.

Como acontece a infecção?
A infecção acontece quando uma pessoa que nunca tenha contraído a febre amarela ou tomado a vacina contra ela circula em áreas florestais e é picada por um mosquito infectado. Ao contrair a doença, a pessoa pode se tornar fonte de infecção para o Aedes Aegypti no meio urbano.

Quais os principais sinais e sintomas?
Os sinais e sintomas mais comuns da doença são: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos que duram, em média, três dias. Nas formas mais graves da doença, podem ocorrer olhos e pele amarelados, problemas no fígado e nos rins, hemorragia e cansaço intenso.

O que você deve fazer se apresentar os sintomas?
Caso apresente alguns destes sintomas, procure a unidade de saúde mais próxima e informe sobre qualquer passagem por áreas de risco nos 15 dias anteriores ao início dos sintomas e se você tomou a vacina contra a febre amarela.

A febre amarela é contagiosa?
Não. Não há transmissão de pessoa a pessoa ou entre animais e pessoas. A única forma de transmissão é através da picada de mosquitos infectados com o vírus da febre amarela. É importante reforçar que os macacos não transmitem a doença.