Vale das Pedrinhas recebe Plantão Fiscal

A Prefeitura de Guapimirim, por meio da Secretaria Municipal de Segurança, Ordem Pública e Defesa Civil, deu início ao Plantão Fiscal, e o primeiro bairro a ser atendido pelo projeto é o Vale das Pedrinhas. A ação tem como objetivo a melhora do atendimento à população dos bairros mais distantes, o atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Rua José Maria da Silva, 1512, no Vale das Pedrinhas.

No local a população pode fazer diversos tipos de denúncias diretamente com o fiscal de plantão, como veículos abandonados em via pública ou a existência de eventos sem autorização prévia da Prefeitura. As denúncias serão encaminhadas para a Secretaria, e esta por sua vez é responsável por analisar e organizar operações de fiscalização.

Reunião com produtores e organizadores de eventos

A Prefeitura de Guapimirim, por meio da Secretaria Municipal de Segurança, Ordem Pública e Defesa Civil, convoca os produtores e organizadores de eventos e os proprietários de casas de show da cidade para uma reunião. O objetivo é conscientizar e mostrar os procedimentos necessários para legalizar um evento, conforme legislação vigente.

Data: 3/8 (quinta-feira)

Horário: 18h

Local: na sede da Defesa Civil

Endereço: Estrada do Bananal, 1919 – Bananal.

Prefeitura liberta pássaros criados ilegalmente em Parque Santa Eugênia

A prefeitura de Guapimirim resgatou nove pássaros que estavam sendo criados ilegalmente em uma residência no bairro Parque Santa Eugênia. Além dos maus tratos, a suspeita é que alguns deles foram caçados de forma predatória. Após a apreensão, os animais foram encaminhados à Área de Proteção Ambiental de Guapimirim (APA) e ao Parque Nacional Serra dos Órgãos (Parnaso) para análise e soltura.
Entre os animais estavam três coleirinhos (Papa-Capim), dois sabiás laranjeira, dois canários da terra e um pixoxó. Além disso, nove gaiolas e 3 alçapões, usados na captura dos pássaros foram apreendidos.
Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Pierre Dutra, a defesa civil recebeu, na quinta-feira (19), uma denúncia anônima de extração mineral na região. No local não foi constatada a informação, pois se tratava apenas de um deslizamento de terra que obstruiu a passagem dos moradores daquele bairro. Entretanto, os agentes identificaram uma residência com pássaros sem a devida documentação.
A Guarda Ambiental solicitou então a presença dos Fiscais Ambientais que, após confirmarem as irregularidades, procederam a apreensão.