Microempreendedor Individual tem até 2 de outubro para parcelar dívida com a Receita Federal, informa Secretaria de Indústria e Comércio

O microempreendedor individual (MEI) que estiver com dívidas junto à Receita Federal tem até o próximo dia 2 de outubro (segunda-feira), para fazer o parcelamento, informou a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Trabalho e Renda.

Os débitos acumulados até dezembro de 2016 poderão ser divididos em até 120 vezes iguais, com o valor mínimo de R$ 50 para cada parcela.

O parcelamento deve ser feito pela internet no portal do Simples Nacional ou no e-Cac. Quem não tiver acesso à rede mundial de computadores pode solicitar a ajuda dos profissionais do Espaço do Empreendedor, que agora está na nova sede da Prefeitura de Guapimirim, na Avenida Dedo de Deus, nº 1.145 – bairro Cantagalo (em frente ao Cambucás).

Pronatec Voluntário está com inscrições abertas para cursos

O Pronatec Voluntário (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), do Ministério da Educação (MEC), está com inscrições abertas para cursos de educação à distância (EAD) até o próximo dia 18 de agosto (sexta-feira).

Para participar, é preciso ter no mínimo 15 anos. As inscrições poderão ser feitas gratuitamente nas secretarias municipais de Indústria, Comércio, Trabalho e Renda e de Turismo. Estas duas ficam no prédio da antiga Faetec, na Estrada da Caneca Fina, nº 39, no Iconha.

Há vagas para cursos de inglês básico, editor de vídeo, fotógrafo, ilustrador, editor de projeto visual gráfico, assistente administrativo, recepcionista, entre outros.

Parceria a pleno vapor

A parceria entre a Prefeitura de Guapimirim, por meio da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Trabalho e Renda, e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) continua a pleno o vapor. Novos cursos de empreendedorismo estão chegando.

Eventos gratuitos

Na próxima quinta-feira (20/7), das 10h às 17h, acontecerão as oficinas “Sei Formar meu Preço” e “Sei Vender”, na Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Trabalho e Renda, na Estrada da Caneca Fina, n° 39 – Iconha. O evento é gratuito.

Já as oficinas complementares “Sei Planejar” e “Sei Comprar” ocorrerão no próximo dia 28 de setembro, das 10h às 17h, no mesmo endereço. Também será preciso se matricular pelo telefone do Sebrae já informado.

Nos últimos meses de 2017, essas mesmas oficinas já foram oferecidas gratuitamente a empreendedores em Guapimirim.

Eventos pagos

O Sebrae também promove capacitações pagas. Na próxima quinta-feira (20), das 18h às 22h, ocorrerá a oficina “Pratique Vendas – Planejamento e Prática”. O objetivo é despertar a desenvoltura e as habilidades do comerciante e do empreendedor para os negócios. A mesma custa R$ 50 e será realizada no prédio da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio,Trabalho e Renda, no endereço supracitado.

No dia 17 de agosto, das 18h às 22h, ocorrerá o “Pratique Atendimento”. Os participantes aprenderão como planejar ações que garantam melhor atendimento aos clientes, para que possam gerar impacto positivo nos resultados da empresa. A oficina custa R$ 50 e também será realizada no Iconha.

Já nos dias 13 e 14 de setembro, das 18h às 22h, o Sebrae oferecerá a oficina “Pratique Controles Financeiros” a um custo de R$ 100. Os participantes debaterão sobre a importância do controle financeiro e do registro em tempo real das operações de venda e gastos, o que ajuda a maximizar os resultados. O evento também ocorrerá no Iconha.

As inscrições devem ser feitas pelo telefone 0800-570-0800.

‘Liquida Guapi’: Praça Paulo Terra é o novo endereço das promoções de Guapimirim

Durante uma semana, os preços baixos têm endereço em Guapimirim: na Praça Paulo Terra, no Centro. Começou na tarde dessa segunda-feira (3/7) o ‘Liquida Guapi’, o maior festival de ofertas da história da cidade. São descontos de até 70% em roupas, calçados, acessórios, artesanatos, utensílios para o lar, móveis, eletrodomésticos e até motos, além de lanches e uma gastronomia para todos os gostos. O evento acontece diariamente até o próximo domingo (9) e busca incentivar o comércio e as empresas locais, unindo empreendedorismo e manifestações artísticas e culturais.

O ‘Liquida Guapi’ é organizado pela Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Guapimirim (Aciag) e conta com a parceria da Prefeitura de Guapimirim, por meio da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Trabalho e Renda.

“O ‘Liquida Guapi’ foi concebido no intuito de desenvolver a economia do município, unindo todos os empresários em prol de um objetivo. Essa união fez tanta força que conseguimos montar essa estrutura que transformou a Praça Paulo Terra num verdadeiro shopping, e o melhor de tudo: sem um real de recurso público. Nosso prefeito Zelito Tringuelê aprovou a ideia desde o primeiro momento e nos deu carta branca para organizar o festival, oferecendo todo o apoio. Um ponto a favor também é a programação musical e cultural, diariamente, até o final do festival, com diversos shows”, explicou o secretário Municipal de Indústria, Comércio, Trabalho e Renda, Leandro Cerqueira.

“A ideia do ‘Liquida Guapi’ surgiu da necessidade de fomentar nosso comércio, principal engrenagem de uma sociedade. E em tempo recorde conseguimos realizar este projeto com o apoio da Secretaria de Indústria e Comércio”, contou o vice-presidente da Aciag, Marcos Vicente.

“Isso é muito bom para a nossa cidade, pois estamos movimentando a cidade. As pousadas já estão sentindo a procura [dos turistas por hospedagem]. Nós estamos pesquisando, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, para verificar o alcance desse acontecimento, porque um evento de uma semana como esse até substitui o festival de inverno sob certo aspecto”, contou o secretário Municipal de Turismo, Humberto Costa.

“Estamos aqui presenciando e testemunhando uma das iniciativas mais importantes que a gente já fez no nosso governo; o que eu acho que é importante destacar é que se a gente pensa grande e promove ações que tenham essa capacidade, não só de mostrar o vigor da nova administração, mas mostrar uma outra perspectiva de desenvolvimento social e cultural desta cidade, é isto que vai fazer a marca da diferença nesta administração (…)”, expressou o secretário Municipal de Cultura, Professor Luís Cláudio.

“O ‘Líquida Guapi’ está dando um show de organização e planejamento econômico. O Município, por meio da Secretaria de Indústria e Comércio, nessa parceria com a Associação Comercial de Guapimirim, vem dando um grande exemplo de parceria público-privada”, comentou o presidente da Câmara Municipal, vereador Halter Pitter.

“Em primeiro lugar, a gente agradece à Prefeitura por este espaço que nos ofereceu. Está tudo muito lindo, está maravilhoso e a gente quer que todos venham conhecer, passear e prestigiar [o ‘Liquida Guapi’ ], falou a artesã Mônica Correia.

“A feira está espetacular, a nossa expectativa é muito grande. O [Liquida Guapi] começou ontem e já foi legal, eu gostei muito. Acho que a tendência é melhorar cada vez mais”, declarou Chicão, do Terê Tudo.

“O primeiro dia superou as nossas expectativas, teve bastante movimento, teve um público gostando dos preços das promoções, do evento”, disse Paulo Victor, das lojas Nalin e Babylandia.

Pequenas atitudes podem fazer diferença no orçamento, revela curso

Parceria entre a Prefeitura de Guapimirim e Sebrae traz mais um curso sobre empreendedorismo para a cidade

Pequenas atitudes como retirar da tomada o carregador do celular quando não estiver em uso, usar o despertador do celular em vez de um rádio relógio, desligar da tomada a TV e de outros equipamentos quando não estiverem em uso podem fazer diferença podem fazer diferença no orçamento. Essas foram algumas informações importantes mostradas aos candidatos que participaram do curso de dois dias promovido pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em apoio com a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Trabalho e Renda, nos dias 11 e 12 de maio.

Aquela luz que fica acesa, indicando que o televisor está conectado a uma tomada, mesmo desligado, consome diariamente cerca de 7 Kw/mês. Esse consumo parece irrisório, mas se levar em conta outros eletrodomésticos e ao longo de 30 dias, é possível ver o quanto pesa no bolso de uma dona de casa. Essa economia ao longo de 12 meses é capaz de fazer uma grande diferença e o dinheiro poderia ser investido em outras coisas sem comprometer o orçamento familiar.

Esse foi um dos conteúdos apresentados no curso sobre Educação Financeira voltado para empreendedores, com o tema “Sei Controlar o meu dinheiro”. Os demais temas foram: “Sei Planejar”, “Sei Vender” e “Sei Comprar”.

No curso, que foi gratuito, os candidatos também puderam tirar dúvidas sobre como fazer a declaração do Documento de Arrecadação Simplificada (DAS) e verificar se há pendências de pagamentos.

Esse evento foi mais um entre os vários cursos, seminários e palestras promovidos pelo Sebrae em parceria com a Prefeitura de Guapimirim de capacitação profissional nestes primeiros meses de 2017.

As pessoas que quiserem participar de outros cursos sobre empreendedorismo no município devem ficar atentas às novidades postadas nas redes sociais da Prefeitura.

Praça Paulo Terra vira espaço de empreendedorismo

Os guapienses já estão se preparando para o inverno: foram às compras, neste sábado (6/5), em mais um dia da Feira de Acessórios e Artesanato na Praça Paulo Terra, no Centro de Guapimimirim. Os moradores puderam comprar roupas, calçados, bijuterias, artesanatos e ainda degustar salgados e doces por preços promocionais.

A feira começou na última sexta-feira (5) e termina na próxima segunda-feira (9), e tem por objetivo apoiar os lojistas locais, que foram vender seus produtos na praça. Os comerciantes não precisaram pagar nenhum tipo de taxa para participar. O evento tem o apoio da Prefeitura de Guapimirim, por meio da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Trabalho e Renda, que nos últimos dias abriu inscrições para comerciantes e produtores que estão expondo seus produtos na feira, são 29 de Guapimirim, somados aos mais de 70 visitantes, um sucesso.

O comerciante César de Araújo, de 64 anos, elogiou a iniciativa. Ele e a esposa Márcia são servidores do governo do Estado do Rio de Janeiro e estão com salários atrasados por conta da crise financeira que afeta o governo fluminense. O casal encontrou na venda de sabonetes e produtos artesanais uma forma de tentar driblar a crise, e disse que hoje é microempreendedor individual (MEI) graças à prefeitura.

Já a empresária Renata Oliveira agradeceu o apoio que os comerciantes têm recebido por parte da prefeitura e disse esperar que hajam outras feiras como essa. Ela tem sua própria marca de calçados com o seu nome.

“Essa feira de negócios é um sucesso. Marca um novo começo para Guapimirim e estou muito feliz com isso, por colocar esta cidade no caminho do futuro”, expressou o vice-prefeito e secretário da Casa Civil, Pastor Ricardo.

O subsecretário de Indústria, Comércio, Trabalho e Renda, Léo Guimarães, também comentou o sucesso do evento: “Agradeço ao prefeito Zelito Tringuelê e ao vice-prefeito Pastor Ricardo pela oportunidade de estar realizando este trabalho. Esta feira é uma iniciativa maravilhosa, o governo está fazendo um trabalho excelente! Esta praça, que antes era ocupada por drogados, agora é um espaço de empreendedorismo. Beneficia tanto aos comerciantes quanto a população. Todos saem ganhando com isso”.

A realização dessa feira é apenas mais um capítulo do incentivo ao empreendedorismo que a Prefeitura de Guapimirim vem implementando na cidade, incluindo os cursos e seminários, vários deles em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), voltados para empreendedores e trabalhadores em geral.

Semana do MEI e Educação Financeira

A Prefeitura de Guapimirim, por meio da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Trabalho e Renda, firmou mais uma grande parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), para a realização da 4ª Semana Nacional de Educação Financeira. O evento é gratuito e ocorrerá das 9h às 17h nos próximos dias 11 e 12 de maio (quinta e sexta-feira, respectivamente), na Faetec, na Estrada da Caneca Fina, 39 – Iconha, Guapimirim

 Os temas a serem abordados no primeiro dia de curso são: “Sei Controlar meu Dinheiro” e “Sei Planejar”; já no segundo dia os temas são: “Sei Vender” e “Sei Comprar”.

 Será possível tirar dúvidas sobre direitos e obrigações do Microempreendedor Individual (MEI), fazer declaração, emissão do Documento de Arrecadação Simplificada (DAS) e verificar se há pendências de pagamentos.

 Inclusive, o evento será uma ótima oportunidade para quem precisa tirar dúvidas sobre o envio da Declaração Anual do Microempreendedor Individual (DASN-SIMEI) sobre a receita bruta, cujo prazo de entrega é até o próximo dia 31 de maio.

 No dia do curso será preciso levar: identidade, CPF, IPTU, título de eleitor, número da última declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), caso possua.

 A inscrição deverá ser feita junto ao Sebrae pelo telefone 0800-570-0800.

Prefeitura de Guapimirim e Sebrae definem estratégias para a nova gestão

O prefeito de Guapimirim, Zelito Tringuelê e os novos secretários municipais  se reuniram, nesta quarta-feira (04), com as coordenadoras regionais do Sebrae para definir estratégias para nova gestão e colocar em prática as atividades previstas para esse ano. De acordo com Zelito Tringuelê, o apoio de uma entidade como o Sebrae, que já possuí expertise na criação, fomento  e modernização das micro e pequenas empresas será  fundamental para ampliar os investimentos e colocar o município na rota do crescimento.
“A nossa gestão será diferenciada porque contamos com um grupo que está com muita vontade de trabalhar e propiciar a alavancada que Guapimirim precisa. Tenho a certeza de que todos os secretários e subsecretários vão estar empenhados junto ao Sebrae fazendo as ideias acontecerem de fato”, afirmou o prefeito.
Segundo Thais Ruas, coordenadora do Sebrae na Baixada Fluminense II que engloba os municípios de Guapimirim, Duque de Caxias, Magé e São João de Meriti, a economia da região é movimentada em sua maioria por pequenos negócios. Esse cenário, de acordo com ela, exige dos gestores ainda mais atenção aos empreendimentos.
“Há muitas pessoas que não têm cidadania empresarial, ou seja, não procuraram a legalização. Ao se inscrever no portal do Micro Empreendedor Individual (MEI), por exemplo, passam a contar com novos direitos como auxílio-doença, aposentadoria por idade, salário-maternidade. Isso, após o tempo de contribuição. Desta forma o município também fortalece a sua arrecadação, já que as taxas são transferidas para a prefeitura”, explica a Thais Ruas.
Ainda segundo a coordenadora, Guapimirim conta com 2614 empreendedores individuais e outros 521 microempreendedores. Mesmo com esse resultado ainda ocupa 79º posição no Ranking de desenvolvimento entre os municípios do Estado do Rio de Janeiro. Para ela, a mudança desse quadro passa, entre outras ações, pela efetivação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, atualizada em 2014.
“Incentivar a regularização da figura do pequeno empresário, ampliar as possibilidades de compra do comércio local e crescer a base de micro e pequenos empresários são uns dos desafios necessários para cidade avançar”, explicou. No encontro, também foram discutidas a continuidade dos projetos Jovens Empreendedores Primeiros Passos e Turismo Rural e dos plantões de atendimento do Sebrae.