Notícias sobre "Turismo"

Seminário discute turismo como progresso para Guapimirim

Postado por Ascom em 15/mai/2017 - Sem Comentários

A Prefeitura de Guapimirim, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, realizou o Seminário Municipal de Guapimirim, na tarde da última sexta-feira (12). O evento aconteceu na Pousada Sonho Verde e reuniu representantes de entidades de turismo e hotelaria, empresários do ramo e políticos. Cerca de 80 pessoas marcaram presença.

A abertura do evento foi feita pelo secretário Municipal de Turismo, Humberto Costa, quem destacou as belezas naturais de Guapi e o potencial econômico que a cidade tem. Na ocasião, ele fez questão de enfatizar que o Dedo de Deus, pico que mede 1.692 metros de altura e se localiza no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso), pertence ao município. “O Dedo de Deus é de Guapimirim. Muita gente não sabe disso, porque pensa que Guapi termina na subida da serra. Mas, não. Guapimirim vai além disso”, expressou.

O diretor de Operações da Turisrio, Sérgio de Mello, representando o governo fluminense, palestrou sobre a importância da formalização da atividade turística. Já o presidente da Federação de Convention & Visitors Bureau do Rio de Janeiro, Marco Navega, abordou a importância de uma associação do setor para fomentar o turismo.

Representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) falaram sobre a importância da hotelaria e da gastronomia para o roteiro turístico e a identidade que ambas geram para a região.

Durante o evento, o secretário Municipal de Indústria, Comércio, Trabalho e Renda, Leandro Cerqueira, contou que a chegada da cervejaria Jeffrey à cidade, nos próximos meses, contribuirá para o incentivo ao turismo.

Já o prefeito de Guapimirim, Zelito Tringuelê, destacou que no município existem apenas umas 15 pousadas, somente quatro delas registradas. Ele explicou que pretende incentivar o crescimento do setor, principalmente do empresariado local, e apresentou uma série de novidades, entre elas a campanha ‘Guapi, quem ama cuida’, de valorização da cidade. O líder municipal contou que em breve será lançado um serviço de concessão de alvarás em até 48 horas após a solicitação. O empresário ou comerciante receberá uma licença temporária, para que o estabelecimento comece a funcionar imediatamente, enquanto terá um prazo para preparar toda a documentação requerida para a legalização do mesmo. Ele quer acabar com a demora na emissão do documento que no passado levava até uma década ou ficava indefinida.

Já o vice-prefeito e secretário da Casa Civil, Pastor Ricardo, comentou que as autoridades de turismo, hotelaria e gastronomia continuarão a discutir os incentivos ao setor, inclusive com a oferta de cursos de capacitação profissional para guias turísticos, garçons, camareiras, faxineiras, tradutores, entre outras áreas. Na ocasião, ele convidou empresários que não residem ou não têm negócios em Guapi a se instalarem no município. Garantiu que os investimentos que fizerem no município terão retorno até médio prazo.

Também compareceram ao evento o presidente da Câmara Municipal, vereador Halter Pitter, e os vereadores Alessandra Lopes e Osvaldo Pereira.

 

Seminário de Turismo de Guapimirim

Postado por Ascom em 05/mai/2017 - Sem Comentários

A Secretaria de Turismo de Guapimirim realizará no próximo dia 12 de maio o Seminário de Turismo da cidade. O evento acontecerá na Pousada Sonho Verde, com início às 13h30, para todos os empresários de hotelaria e gastronomia do município.
A mesa será coordenada pelo secretário municipal de Turismo, Humberto Costa, tendo como mediador o subsecretário, Maurício Almeida.

Na programação estão previstas palestras sobre diversos temas, como ‘A importância da formalização da atividade turística’, com o diretor de operações da TURISRIO, Sérgio Mello, ‘A importância da integração para o fomento do turismo’, com o presidente da Federação de Convention & Visitor Bureau do Rio de Janeiro, Marco Navega, ‘A importância da hotelaria e gastronomia para o roteiro turístico’, pelo SENAC, além de debates e levantamentos de demandas e a apresentação do calendário de eventos 2017.

“O objetivo do evento é envolver esses empresários para trabalharmos na capacitação profissional e cultural de todos os envolvidos. É preciso que todos tenham consciência de seus papéis para podermos alinhar as políticas públicas municipais com a iniciativa privada, e assim alavancarmos o turismo na cidade”, destacou Humberto Costa.

Foi dada a largada na Audax Rio 2017 em Guapimirim

Postado por Ascom em 05/fev/2017 - Sem Comentários

Cerca de 300 ciclistas de diferentes cidades do Rio de Janeiro saíram da Praça Paulo Terra, às 8h deste domingo, para o Brevet 200 km e o Desafio 80 km. Todos os participantes receberam seu kit com numeração, passaporte e camisa, além de água e frutas. A largada foi acompanhada por um comboio com o apoio da Guarda Municipal e seguirá até a RJ 122.
Durante o percurso, os ciclistas deverão parar em cada um dos cinco pontos de controle para registro do tempo. Nestes locais, a equipe do evento distribuirá doces, salgados e água para alimentação e hidratação dos participantes.
O horário de encerramento será aproximadamente às 14h para o Desafio 80 km e às 21h30 para o Brevet 200 km, ambos com a chegada na Praça Paulo Terra.
O evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Guapimirim e do Batalhão da Polícia Rodoviária (BPRv).

Carnaval 2017 de Guapimirim terá como tema as belezas naturais da cidade

Postado por Ascom em 25/jan/2017 - Sem Comentários

Faltando pouco mais de um mês para o início do carnaval, a prefeitura de Guapimirim já definiu o tema dos festejos desse ano. A ideia é que cidade explore aquilo que possuí de maior relevância: o carisma da sua gente e a exuberância da sua diversidade ecológica. O tema “Nossa Beleza, Nossa Riqueza” ressalta, além dos pontos turísticos naturais, espécies da fauna comuns na região.

 

Animais como: macaco, Jacaré-de-papo-amarelo, capivara, figuinha-do-rabo-castanho, joão-de-barro, tatu e mico-leão-dourado devem ser estampados em decorações por toda a cidade criando um laço afetivo com os moradores e também com os turistas. Durante o intervalos de apresentação dos blocos, vídeos institucionais irão anunciar pontos de interesse do município como a Área de Proteção Ambiental de Guapimirim (APA), Trilhas, Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso), Cachoeira da Concórdia entre outros.

 

Apesar da expectativa quanto à realização do evento, a prefeitura esclarece que em função da nova realidade econômica do município e do país, os custos do carnaval deste ano devem ser bem menores, se comparado com os anos anteriores.

 

De acordo o secretário de Turismo, Humberto Costa, o esforço da prefeitura para realizar a folia deste ano se deve às atividades econômicas, já que os festejos movimentam a economia local e contribuem para renda de inúmeras famílias. A expectativa, segundo Humberto, é que em média cinco mil pessoas acompanhem a programação na Praça da Emancipação, no Centro.

 

“Além do evento principal, estamos prevendo atividades na Vila Olímpia, Vale das Pedrinhas e programações para o público infantil na Rua Alcindo Guanabara, no Centro. Também estamos cadastrando e apoiando 25 blocos carnavalescos que devem reunir milhares de pessoas em diversos pontos”, explicou o secretário.

 

Cerca de 300 profissionais entre equipes de limpeza, montagem, guardas municipais e organização em geral devem atuar durante os festejos. A programação completa do Carnaval 2017 será divulgada nos próximos dias.

Prefeitura coleta dados para a criação do seu primeiro Inventário Turístico

Postado por Ascom em 23/jan/2017 - Sem Comentários

A Secretaria de Turismo está realizando um levantamento completo da cidade  a fim de criar o primeiro Inventário da Oferta Turística de Guapimirim. O objetivo é catalogar e registrar em um banco de dados todas as informações referentes ao setor: atrativos, equipamentos turísticos, infraestrutura e serviços de apoio, dando suporte ao planejamento e desenvolvimento do turismo. O Inventário é uma ferramenta de muita importância para pesquisadores, estudantes e empresários, pois serve como instrumento base de informações para fins de planejamento público, gestão e estratégias promocionais da atividade turística.

Após ser feito todo o levantamento, o inventário será cadastrado no banco de dados do Ministério do Turismo (MTur), facilitando assim, o acesso de todos a essas informações e credenciando o município a receber recursos de incentivo ao turismo.