Semana do Meio Ambiente tem soltura de pássaros e eventos para crianças

Sete pássaros (seis coleiros e um canário da terra) foram libertados do cativeiro pela Guarda Ambiental da Secretaria Municipal de Ambiente no Parque de Exposições de Guapimirim, na tarde desta segunda-feira (5/6). A ação faz parte das atividades de celebração da Semana do Meio Ambiente. As aves tinham sido capturadas por caçadores e criadores.

Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente nesta segunda-feira (5), a Prefeitura de Guapimirim promoveu pela manhã atividades voltadas a estudantes da rede municipal de educação na Vila Olímpia. Eles desenharam, fizeram artes em grafite e plantaram mudas de árvores nativas da região, tais como pau-brasil e ipê.

As artes em grafite foram feitas no muro do senhor Celso Sodré, do Bar 40 graus, e no portão da dona Sandra Veiga, com a permissão deles. A moradora se mostrou bastante contente e agradecida com o pedido feito pelos jovens para fazer o grafite.

Antes de continuar, é preciso deixar claro que grafite e pichação são coisas completamente distintas. O primeiro é arte, uma expressão de identidade social e cultural, enquanto o segundo, ato de vandalismo e de depredação do patrimônio.

“As ações desenvolvidas na Vila Olímpia com as crianças têm objetivo de promover a consciência ecológica e o respeito ao meio ambiente. Nada melhor do que fazer junto às nossas crianças, que são o futuro da nação”, comentou o secretário municipal de Ambiente, Pierre Dutra.

As atividades na Vila Olímpia também foram acompanhadas pelos secretários municipais de Educação, Cecília Pais, e de Esportes e Lazer, Nielsen Krizek, além de agentes do Setor Fitossanitário e da Guarda Ambiental de Guapimirim.

Você já conhece o projeto Adote uma Árvore?

Olá, guapiense,

Você já conhece o projeto Adote uma Árvore? O mesmo começou a ser implantado neste início de 2017 pela Prefeitura de Guapimirim, por meio da Secretaria Municipal do Ambiente (SEMA), e é muito simples. O morador que desejar obter uma muda de planta, para colocá-la na residência ou em outro local, poderá solicitá-la gratuitamente junto ao Setor Fitossanitário da secretaria, pelo telefone (21) 2632-2252 ou diretamente na Estrada do Bananal, 1.919, Bananal, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

O projeto busca o apoio da comunidade para proporcionar educação ambiental e promover políticas públicas de preservação da natureza. O morador adotará a planta e será responsável por cuidar dela.

As mudas obtidas pela SEMA não geram nenhum custo para a administração municipal, que as recebe por meio de compensações ambientais destinadas aos municípios que investem em preservação ambiental e práticas sustentáveis. Guapimirim é uma cidade privilegiada pela natureza e busca ser uma referência ecológica no país.

O plantio de mudas teve como ponto de partida a praça no Vale do Jequitibá, em outubro do ano passado, por conta da carência de árvores no bairro. Uma segunda etapa aconteceu em dezembro do mesmo ano e a terceira, durante o carnaval de 2017. No entanto, a ação iniciada em 2016 não tinha como foco a participação popular, mas agora tem por meio do projeto Adote uma Árvore.

A princípio o morador só ganharia uma muda para plantar na residência mediante o compromisso de fazer o mesmo em área pública como praças e calçadas. No entanto, a SEMA decidiu suspender essa obrigatoriedade, a fim de gerar maior participação dos guapienses.

No último dia 21 de abril, as equipes do Esporte Clube Central e do Rotary Club realizaram a arborização de mudas de Ipê e Pau-Brasil na praça do Vale do Jequitibá e em ruas próximas, ao repor as que estavam quebradas e colaborando com a prefeitura.

Participe, adote uma árvore!

Primeiro Simpósio das Águas de Guapimirim

Em comemoração ao Dia Mundial da Água, a Secretaria Municipal do Ambiente realizou ontem (22/03), o primeiro Simpósio das Águas de Guapimirim. O evento que teve como objetivo o uso consciente da água, ofereceu palestras sobre outorga, reuso da água e educação ambiental e sua vertentes.

Durante as palestras, foram feitas reflexões sobre o aquecimento global e a necessidade da reeducação ambiental. Além da apresentação das várias maneiras de utilização da água da chuva e reuso consciente. “Nada melhor que o dia de hoje para incentivarmos não só os jovens, mas todos a perservarem a água”, afirmou Pierre Dutra, secretário do ambiente.

A água é bem e direito de todo cidadão, mas também é nosso dever usá-la de maneira consciente. Preserve!

Prefeitura liberta pássaros criados ilegalmente em Parque Santa Eugênia

A prefeitura de Guapimirim resgatou nove pássaros que estavam sendo criados ilegalmente em uma residência no bairro Parque Santa Eugênia. Além dos maus tratos, a suspeita é que alguns deles foram caçados de forma predatória. Após a apreensão, os animais foram encaminhados à Área de Proteção Ambiental de Guapimirim (APA) e ao Parque Nacional Serra dos Órgãos (Parnaso) para análise e soltura.
Entre os animais estavam três coleirinhos (Papa-Capim), dois sabiás laranjeira, dois canários da terra e um pixoxó. Além disso, nove gaiolas e 3 alçapões, usados na captura dos pássaros foram apreendidos.
Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Pierre Dutra, a defesa civil recebeu, na quinta-feira (19), uma denúncia anônima de extração mineral na região. No local não foi constatada a informação, pois se tratava apenas de um deslizamento de terra que obstruiu a passagem dos moradores daquele bairro. Entretanto, os agentes identificaram uma residência com pássaros sem a devida documentação.
A Guarda Ambiental solicitou então a presença dos Fiscais Ambientais que, após confirmarem as irregularidades, procederam a apreensão.

Descaso com o dinheiro público

Uma cidade que parece ter parado no tempo. É essa a definição que prefeito de Guapimirim, Zelito Trinquelê, usa para explicar as condições estruturais que encontrou ao assumir a prefeitura nesta semana. Ao continuar o trabalho de avaliação das secretarias, nesta quinta-feira (05), o prefeito mostrou-se preocupado com a quantidade de materiais comprados com dinheiro público e que não tiveram a finalidade adequada.

Em um galpão localizado no anexo da sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, no bairro de Bananal, toneladas de lixos se encontram misturados a outros mobiliários da prefeitura que se quer utilizados. Ao menos dez carros e duas unidades móveis de saúde estão parados e abandonados irregularmente por falta de manutenção. Além dos veículos, inúmeros televisores, materiais apreendidos, cadeiras escolares e livros didáticos novos de diversas disciplinas foram deixados no local sem qualquer cuidado.

Para Zelito, a situação é um retrato dá má administração e do descaso com os moradores de Guapimirim.

“Não é preciso ser prefeito ou morador de Guapimirim para narrar a frustração de ver a nossa cidade dessa forma. É um desperdício de dinheiro e um descompromisso com o conhecimento. A minhão gestão não pode nem vai compactuar com a má prestação dos serviços. No que se referem aos livros, convidarei o secretário municipal de Cultura para iniciar a análise e aproveitar, no que for possível, esses títulos a fim de formarmos uma biblioteca”, definiu o prefeito.

Ao lado de Zelito, o secretário municipal de Meio Ambiente, Pierre Dutra, afirmou que em parceria com a secretária municipal de Obras vai realizar a remoção dos itens do local.

“É inadmissível vermos essa quantidade enorme de materiais perecendo desta forma. É uma questão que envolve inclusive a saúde pública. Quanto ao lixo, faremos a remoção de imediato”, disse Pierre.

Em outro galpão, este localizado na secretaria de agricultura, mais itens abandonados. Placas de trânsito, computadores, veículos e outros livros. Já no pátio, materiais de escolas de samba e até mesmo um ônibus permanecem jogados a céu aberto em terreno da Prefeitura. Alguns com acúmulo de água da última chuva. Condições perfeitas para proliferação do mosquito Aedes Aegypti.

“É incrível como conseguiram sucatear o patrimônio público. Nesse primeiro momento vamos arrumar a casa para seguir em frente. Estamos dispostos a fazer o melhor”, concluiu Zelito.