Notícias sobre "Ambiente"

Você já conhece o projeto Adote uma Árvore?

Postado por Diego em 17/mai/2017 - Sem Comentários

Olá, guapiense,

Você já conhece o projeto Adote uma Árvore? O mesmo começou a ser implantado neste início de 2017 pela Prefeitura de Guapimirim, por meio da Secretaria Municipal do Ambiente (SEMA), e é muito simples. O morador que desejar obter uma muda de planta, para colocá-la na residência ou em outro local, poderá solicitá-la gratuitamente junto ao Setor Fitossanitário da secretaria, pelo telefone (21) 2632-2252 ou diretamente na Estrada do Bananal, 1.919, Bananal, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

O projeto busca o apoio da comunidade para proporcionar educação ambiental e promover políticas públicas de preservação da natureza. O morador adotará a planta e será responsável por cuidar dela.

As mudas obtidas pela SEMA não geram nenhum custo para a administração municipal, que as recebe por meio de compensações ambientais destinadas aos municípios que investem em preservação ambiental e práticas sustentáveis. Guapimirim é uma cidade privilegiada pela natureza e busca ser uma referência ecológica no país.

O plantio de mudas teve como ponto de partida a praça no Vale do Jequitibá, em outubro do ano passado, por conta da carência de árvores no bairro. Uma segunda etapa aconteceu em dezembro do mesmo ano e a terceira, durante o carnaval de 2017. No entanto, a ação iniciada em 2016 não tinha como foco a participação popular, mas agora tem por meio do projeto Adote uma Árvore.

A princípio o morador só ganharia uma muda para plantar na residência mediante o compromisso de fazer o mesmo em área pública como praças e calçadas. No entanto, a SEMA decidiu suspender essa obrigatoriedade, a fim de gerar maior participação dos guapienses.

No último dia 21 de abril, as equipes do Esporte Clube Central e do Rotary Club realizaram a arborização de mudas de Ipê e Pau-Brasil na praça do Vale do Jequitibá e em ruas próximas, ao repor as que estavam quebradas e colaborando com a prefeitura.

Participe, adote uma árvore!

Primeiro Simpósio das Águas de Guapimirim

Postado por Ascom em 23/mar/2017 - Sem Comentários

Em comemoração ao Dia Mundial da Água, a Secretaria Municipal do Ambiente realizou ontem (22/03), o primeiro Simpósio das Águas de Guapimirim. O evento que teve como objetivo o uso consciente da água, ofereceu palestras sobre outorga, reuso da água e educação ambiental e sua vertentes.

Durante as palestras, foram feitas reflexões sobre o aquecimento global e a necessidade da reeducação ambiental. Além da apresentação das várias maneiras de utilização da água da chuva e reuso consciente. “Nada melhor que o dia de hoje para incentivarmos não só os jovens, mas todos a perservarem a água”, afirmou Pierre Dutra, secretário do ambiente.

A água é bem e direito de todo cidadão, mas também é nosso dever usá-la de maneira consciente. Preserve!

Primeiro Simpósio das Águas de Guapimirim

Postado por Ascom em 17/mar/2017 - Sem Comentários

Em comemoração ao Dia Mundial da Água, a Secretaria Municipal do Ambiente vai realizar, no dia 22 de março, de 13h às 17h, o primeiro Simpósio das Águas de Guapimirim. O evento tem como objetivo falar sobre o uso consciente da água, visando a importância deste recurso natural para a sobrevivência. Além disso, o simpósio contará com a presença de três palestrantes que irão apresentar temas como: Outorga, reuso da água e a educação ambiental e suas vertentes. O Simpósio vai acontecer na Escola Municipal Acácia Leitão Portela, no Bairro Parada Modelo.
Todos os participantes irão receber no final do evento o certificado que comprovará seu comparecimento e também a participação nas palestras.

Palestrantes e seus temas:

•    Marcelo Torres – Geólogo (UERJ) e Geofísico Marinho e Gestor Ambiental – Ex-funcionário da (Extinta SERLA) FIRJAN, e INEA.
TEMA: OUTORGA

•    Carla Peixe – Bióloga e Mestre em Engenharia Ambiental – UERJ. Área de Concentração:    Saneamento Ambiental – Controle da Poluição Urbana e Industrial.
 TEMA: REUSO

•    Sandra Arruda – Técnica Ambiental, Graduanda em Ciências Biológicas (UERJ).
TEMA: A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUAS VERTENTES

Toneladas de pneus usados recolhidos em Guapimirim serão reciclados

Postado por Ascom em 25/jan/2017 - Sem Comentários

Em apenas 26 dias de governo, cerca de 6 toneladas de pneus inservíveis foram recolhidos em diversos pontos de Guapimirim. Após a coleta, o material foi encaminhado à Reciclanip, uma entidade sem fins lucrativos que promove a reciclagem e a sua correta destinação, conforme determinam as recomendações do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conoma).
Os pneus serão triturados, processados e de acordo com as demandas, transformados em solados para calçados, asfalto de borracha, tapetes para automóveis, pisos entre outros. A medida é possível graças ao acordo de cooperação técnica firmado pela Prefeitura com a empresa sem qualquer custo.
De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente, Pierre Dutra, além de colaborar na prevenção e repressão da degradação do meio ambiente, a iniciativa influencia positivamente para o ICMS verde, um incentivo concedido aos municípios para continuarem investindo na preservação ambiental.
“O ICMS Verde atua, desta forma, como um grande instrumento de fomento ao desenvolvimento sustentável”, explica o secretário.
Os moradores de Guapimirim que desejarem colaborar com a prefeitura e efetuar a destinação correta de pneus usados devem se dirigir à sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente na Estrada do Bananal, nº 1919 e obter mais informações.

Prefeitura liberta pássaros criados ilegalmente em Parque Santa Eugênia

Postado por Ascom em 20/jan/2017 - Sem Comentários

A prefeitura de Guapimirim resgatou nove pássaros que estavam sendo criados ilegalmente em uma residência no bairro Parque Santa Eugênia. Além dos maus tratos, a suspeita é que alguns deles foram caçados de forma predatória. Após a apreensão, os animais foram encaminhados à Área de Proteção Ambiental de Guapimirim (APA) e ao Parque Nacional Serra dos Órgãos (Parnaso) para análise e soltura.
Entre os animais estavam três coleirinhos (Papa-Capim), dois sabiás laranjeira, dois canários da terra e um pixoxó. Além disso, nove gaiolas e 3 alçapões, usados na captura dos pássaros foram apreendidos.
Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Pierre Dutra, a defesa civil recebeu, na quinta-feira (19), uma denúncia anônima de extração mineral na região. No local não foi constatada a informação, pois se tratava apenas de um deslizamento de terra que obstruiu a passagem dos moradores daquele bairro. Entretanto, os agentes identificaram uma residência com pássaros sem a devida documentação.
A Guarda Ambiental solicitou então a presença dos Fiscais Ambientais que, após confirmarem as irregularidades, procederam a apreensão.

Descaso com o dinheiro público

Postado por Cláudio Calabaça em 06/jan/2017 - Sem Comentários

Uma cidade que parece ter parado no tempo. É essa a definição que prefeito de Guapimirim, Zelito Trinquelê, usa para explicar as condições estruturais que encontrou ao assumir a prefeitura nesta semana. Ao continuar o trabalho de avaliação das secretarias, nesta quinta-feira (05), o prefeito mostrou-se preocupado com a quantidade de materiais comprados com dinheiro público e que não tiveram a finalidade adequada.

Em um galpão localizado no anexo da sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, no bairro de Bananal, toneladas de lixos se encontram misturados a outros mobiliários da prefeitura que se quer utilizados. Ao menos dez carros e duas unidades móveis de saúde estão parados e abandonados irregularmente por falta de manutenção. Além dos veículos, inúmeros televisores, materiais apreendidos, cadeiras escolares e livros didáticos novos de diversas disciplinas foram deixados no local sem qualquer cuidado.

Para Zelito, a situação é um retrato dá má administração e do descaso com os moradores de Guapimirim.

“Não é preciso ser prefeito ou morador de Guapimirim para narrar a frustração de ver a nossa cidade dessa forma. É um desperdício de dinheiro e um descompromisso com o conhecimento. A minhão gestão não pode nem vai compactuar com a má prestação dos serviços. No que se referem aos livros, convidarei o secretário municipal de Cultura para iniciar a análise e aproveitar, no que for possível, esses títulos a fim de formarmos uma biblioteca”, definiu o prefeito.

Ao lado de Zelito, o secretário municipal de Meio Ambiente, Pierre Dutra, afirmou que em parceria com a secretária municipal de Obras vai realizar a remoção dos itens do local.

“É inadmissível vermos essa quantidade enorme de materiais perecendo desta forma. É uma questão que envolve inclusive a saúde pública. Quanto ao lixo, faremos a remoção de imediato”, disse Pierre.

Em outro galpão, este localizado na secretaria de agricultura, mais itens abandonados. Placas de trânsito, computadores, veículos e outros livros. Já no pátio, materiais de escolas de samba e até mesmo um ônibus permanecem jogados a céu aberto em terreno da Prefeitura. Alguns com acúmulo de água da última chuva. Condições perfeitas para proliferação do mosquito Aedes Aegypti.

“É incrível como conseguiram sucatear o patrimônio público. Nesse primeiro momento vamos arrumar a casa para seguir em frente. Estamos dispostos a fazer o melhor”, concluiu Zelito.