As atrações são gratuitas e abertas ao público

Guapimirim sediará a 16ª edição do Prêmio Baixada nos próximos dias 02, 03 e 04 de fevereiro. O evento é gratuito, aberto ao público, idealizado pelo Fórum Cultural da Baixada Fluminense, organizado pela Prefeitura de Guapimirim – por meio da Secretaria Municipal de Cultura – e ocorrerá no Grêmio Recreativo Musical Guapiense, na Rua Professor Rocha Faria, nº 215, no Centro, em frente à Praça Paulo Terra.

“A cerimônia estava agendada para dezembro passado num local a céu aberto, mas, devido às chuvas naquela ocasião, tivemos de adiar. Felizmente, agora está tudo certo para acontecer. O 16º Prêmio Baixada tem por objetivo fortalecer e estimular os vínculos artísticos e culturais da nossa região. Aproveito a oportunidade aqui para fazer um convite para que as pessoas venham prestigiar a cultura popular”, explicou o secretário Municipal de Cultura, Professor Luís Cláudio.

Pessoas de outras cidades que quiserem ir ao evento poderão utilizar as seguintes linhas de ônibus intermunicipais e descerem na Praça Paulo Terra:

196-C – Central X Guapimirim (Viação Reginas)
576I* – Caxias X Guapimirim (Viação Reginas)
800-I – Magé X Caneca Fina (Viação Reginas)
805-I – Magé X Paraíso (Viação Reginas)
810-I – Magé X Barreira (Viação Reginas)
MB15 – Magé X Cachoeiras de Macacu (Viação Reginas)
MS11* – Teresópolis X Guapimirim (Viação Teresópolis)

* As linhas de ônibus em questão passam em horários específicos. Consulte as respectivas empresas.

Veja a programação:

02/02 (sexta-feira)
10h – Abertura
• Exposição e venda de arte e artesanato; gastronomia
• Exibição de timbalada e bumba meu boi da Serra Imperial
19h – Show com voz e violão – Írio Lima com Zé Galdino

03/02 (sábado)
13h Exposição e venda de arte e artesanato; gastronomia
• Exibição de timbalada e bumba meu boi da Serra Imperial
• Apresentação de Arte-educadores
19h – Recital de violino com Rosane Souza
• Show com Henrique e Trio
• Show com Pedro Cheppi

04/02 (domingo)
10h – Exposição e venda de arte e artesanato; gastronomia
16h – Voz e violão com Flávio Granlem
17h – Solenidade de entrega do 16º Prêmio Baixada
19h – Encerramento
• Show com a banda Túnel do Tempo

No último dia de evento ocorrerá a entrega da premiação dos trabalhos inscritos nas seguintes categorias:

• Artes Cênicas (circo; dança; e teatro)

• Audiovisual (produção cinematográfica ou viodeofonográfica; produção radiofônica; produção de obras seriadas; formação e pesquisa audiovisual em geral; difusão de acervo audiovisual, incluindo distribuição, promoção e exibição cinematográfica; rádios e TVs educativas não comerciais)

• Música

• Artes visuais e artes digitais eletrônicas (fotografia; artes plásticas, incluindo artes gráficas; gravura, cartazes)

• Patrimônio Cultural (pesquisa e difusão de conteúdos históricos relativos à preservação ou restauração de patrimônio material em geral; preservação ou restauração de patrimônio museológico; preservação ou restauração de acervos em geral; preservação ou restauração de patrimônio imaterial; produção, estímulo e fomento do folclore; artesanato)

• Literatura (acervos bibliográficos; livros de valor artístico, literário ou humanístico, incluindo obras de referência; periódicos e outras publicações; evento literário; eventos e ações de incentivo à leitura; ações de formação e capacitação em geral)

• Comunicação e mídias interativas (produção escrita, falada, através de periódicos de papel ou digital)

• Produção acadêmica / ciência (estudo de relevância, assuntos relacionados à temática baixadense; teses, mestrados)

• Cidadania (iniciativas que trabalham a inclusão e a valorização do cidadão nascido e morador da região)

• Responsabilidade social e sustentabilidade (projetos ou ações voltadas para o desenvolvimento humano de forma sustentável e com ênfase à preservação ambiental do ecossistema da região)

• Produção cultural (projetos voltados para o fomento das atividades culturais na Baixada Fluminense permeados pelo profissionalismo e a apresentação de bons produtos de forma a promover o surgimento de novas plateias como também a manutenção do público já existente no universo cultural da região)