Secretaria Municipal do Ambiente promove mais uma etapa da campanha de arrecadação de óleo de cozinha usado

Você sabia que o óleo de cozinha que você joga fora pode ser trocado por produtos de limpeza para a sua casa??? Sim, em Guapimirim isso é possível. A Secretaria Municipal do Ambiente promove uma campanha de recolhimento de óleo de cozinha usado. O material a ser descartado pode ser colocado em garrafas pet.

Veja o que você pode trocar*:

  • 2 litros de óleo: um detergente de louça ou sabão em barra.
  • 4 litros de óleo: um desinfetante ou um multiuso.
  • 6 litros de óleo: um sabão em pó ou sabão em pasta.

* O produto a ser trocado dependerá da disponibilidade em estoque.

O material pode ser entregue na Secretaria Municipal do Ambiente, na Estrada do Bananal, nº 1.919, no bairro Bananal. Acima de 20 litros, pode-se solicitar o recolhimento domiciliar.

A Secretaria Municipal do Ambiente está agendando para o dia 27 de outubro, a última sexta-feira do mês, a próxima coleta domiciliar. Para agendar a retirada de mais de 20 litros de óleo, entre em contato com a Equipe Técnica de Educação Ambiental no e-mail educacaoambiental@guapimirim.rj.gov.br.

Todo o óleo de cozinha coletado é destinado a uma empresa parceira, que o transformará em produtos que você usa na sua casa, como detergente ou sabão em pasta, por exemplo.

“Se tem uma coisa que nunca sai de moda é ser sustentável e ter consciência ecológica. Esta campanha une o útil ao agradável: a pessoa, além de ajudar a preservar o meio ambiente desse tipo de contaminação, ainda pode economizar no bolso. A Secretaria Municipal do Ambiente recomenda nunca jogar óleo vegetal em ralos de pia, tanques, bueiros e em vias públicas”, orienta a técnica da Equipe de Educação Ambiental, Sandra Arruda.

“A Secretaria [Municipal] do Ambiente promove sustentabilidade por meio da reciclagem do óleo de cozinha usado. O lixo é transformado para minimizar os impactos negativos ao meio ambiente. E as pessoas que participam dessa campanha também promovem sustentabilidade e ajudam a reforçar o bom conceito que Guapimirim tem no que diz respeito à preservação ambiental.  Além disso, o recolhimento de óleo vegetal ajuda a aumentar a arrecadação do Município por meio do ICMS Ecológico”, sinalizou o secretário Municipal do Ambiente, Pierre Dutra.

“Guapimirim tem 79% de seu território em áreas de proteção ambiental (APAs). O verde de nossa cidade é o nosso principal postal, por isso temos que preservar ao máximo tanta riqueza e tantas belezas naturais. O descarte correto do óleo de cozinha é um dos meios de se fazer isso”, disse o prefeito Zelito Tringuelê.