A luta pela igualdade de direitos é contínua. É um dos valores que define uma sociedade. Para discutir a sociedade que queremos, a Prefeitura de Guapimirim promoveu a II Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial, no último dia 16 de setembro. O evento foi organizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, por meio da Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial, e aconteceu na sede campestre do Sindicato dos Empregados de Empresa de Asseio e Conservação do Rio de Janeiro (Siemaco), no bairro Limoeiro.

Eleição para conselheiros

Na ocasião, aconteceu a eleição para conselheiros do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial.

Pela sociedade civil foram eleitos: Carla Francisca, Leandra Amaral, Selma Campos, Vanilton Macieira, Irio Lima, Élida Ribeiro Carujo e Roberto Domingos. Na suplência foram votados: Michele Cristina Pacheco, Anderson da Conceição, Mauri Viana e Andrea Couto.

Pelo governo foram eleitos: Fátima dos Santos, Carmen Lúcia Helena Ferreira Leite, Teresa Cristina Ramos Rodrigues, Edmar Oliveira Freire e Roberto José de Sousa. Na suplência foram eleitos: Marcos Aurélio Alves Barreto e Ana Helen Goulart.

Participantes da mesa

Participaram da mesa de abertura o prefeito de Guapimirim, Zelito Tringuelê; a secretária Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Paula Machado; a coordenadora de Promoção da Igualdade Racial, Fátima Santos; a deputada federal Benedita da Silva; a deputada estadual Marta Rocha; o presidente do Conselho Estadual dos Direitos do Negro (Cedine) e dos movimentos negro estadual e nacional do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Luiz Eduardo Negrogun; e o presidente da Federação dos Empregados em Turismo e Hospitalidade do Estado do Rio de Janeiro (Fetherj), Manoel Meireles.

“Quero parabenizar a vocês pela iniciativa [de fazer a conferência], e dizer que vocês podem contar com prefeito e gestor desta cidade”, disse o prefeito.

“Antes, eu não via a política de promoção da igualdade racial acontecer, mas agora vejo. Por isso, quero agradecer ao prefeito [Zelito Tringuelê] por nos apoiar em tudo o que for necessário para melhorar a vida do povo e as políticas de direitos humanos em Guapimirim”, comentou a secretária Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos.