Fique por dentro

Operação Tapa-Buracos

Postado por Ascom em 09/jan/2017 - Sem Comentários

Prefeitura inicia ações de limpeza e tapa-buraco nas ruas da cidade
 
A prefeitura de Guapimirim iniciou, nesta segunda-feira (09/01), no bairro Parada Modelo, a primeira ação da operação tapa-buraco coordenada pela secretaria de Obras. A iniciativa visa melhorar as condições de tráfego nas ruas da cidade e reduzir o risco de acidentes, já que algumas delas não recebem nenhum tipo de manutenção há anos.
 
De acordo com o secretário municipal de Obras, João Maurício Ferreira, os trabalhos que foram iniciados na Rua Alcino José Ferreira, em Parada Modelo, serão estendidos até o bairro Caneca Fina, passando também pela Estrada do Bananal e Rua Ita. Ainda segundo ele, gradualmente outros pontos da cidade serão contemplados.
 
“Além de melhorarmos as condições das vias, estamos desde a primeira semana de trabalho desta gestão promovendo a limpeza das ruas da cidade, pintando os meios-fios,  realizando a poda das árvores e desentupindo os bueiros. Somente na Praça da Emancipação, no Centro, foram retirados seis caminhões de entulho no último sábado (07). Há muita coisa a ser feita, mas com trabalho sério chegaremos a cada canto dessa cidade”, explicou o secretário de Obras, João Maurício. 
 
No total cerca de 50 homens atuam na operação.  Durante os trabalhos, o prefeito de Guapimirim, Zelito Tringuelê e o vice-prefeito  e secretário da Casa Civil, Pastor Ricardo, estiveram no local acompanhando as ações.
 
“Nesse primeiro momento estamos arrumando a casa. Os bairros ficaram muito tempo sem o devido cuidado do poder público. Logo, há muito o que se fazer. Não vamos recuar, nem descansar até colocar Guapimirim no caminho que nunca deveria ter saído, que é o caminho do crescimento”, enfatizou Zelito. 
 
Moradores apoiam a iniciativa
 
Para Marli Gomes dos Santos, de 67 anos, moradora da Rua 360, a operação chega em boa hora.
 
“As condições estão péssimas. Está tão ruim que os carros de passeio evitam passar pelo local”, diz Marli
 
Segundo Getúlio Siqueira, de 68 anos, morador de Caneca Fina, o bairro sempre foi abandonado, mas nos últimos seis meses ficou ainda pior. Ele conta ainda que um buraco na via contribuiu para um acidente com seu filho.
 
“Agora é torcer para que as ações beneficiem mais rapidamente  os locais mais precários”, disse Getúlio.

Deixe uma resposta